Publicado em Uncategorized

O que é importante se levar em conta na avaliação para cirurgia bariátrica


                                 (Direcionado a profissionais de saúde)

Por Lourdes Sola

Ao se avaliar um candidato à Cirurgia Bariátrica, muitas questões devem ser levadas em consideração:

* Como é a saúde mental deste paciente; se ele já é um adulto e também o histórico familiar, se for jovem (o adulto tem menos probabilidade de desenvolver um quadro psiquiátrico que um jovem).

Por que a saúde mental? Porque é uma intervenção que trás muitas mudanças na vida de uma pessoa. Ela vai sofrer mudanças não só comportamentais e psicológicas, mas também neuroquímicas. Um simples exemplo; alguns alimentos colaboram na produção da serotonina. A glicose (alimento das células cerebrais) colabora com o funcionamento do sistema límbico, que é relacionado às emoções, a tomada de decisões e uma série de outros eventos.

* Se o paciente não apresenta histórico transtorno Bipolar, Esquizofrenia, Transtorno de Personalidade – principalmente o Borderline – ou Transtorno do Controle do Impulso e não é usuário de qualquer Substância Psicoativa, ele pode ser um candidato com um bom prognóstico.

* Qual a relação desta pessoa com a comida.

* Se comer é o evento mais reforçador que esta pessoa tem, vai ficar difícil sofrer restrição alimentar. Ele sofre porque é gordo mas tem o prazer da comida. Aí ele se livra do que é ruim mas junto vai o que era super reforçador. Ele pode deprimir por ausência do que era reforçador.

*Que tentativas consistentes no sentido de reeducação alimentar já fez.

* O quanto de apoio social e familiar esta pessoa tem.

* Queconhecimento o paciente tem sobre o processo de intervenção cirúrgica e suas implicações, além de participação  em palestras e contato com pessoas que já tenham realizado a cirurgia.

* Se demonstra expectativas realistas em relação ao procedimento.

Concluindo, após toda esta análise, é importante que o candidato a tal processo cirúrgico não fique só na avaliação e sim, tenha um acompanhamento psicológico no pós cirúrgico até que se sinta confortável na sua nova roupagem.

Autor:

MARIA DE LOURDES DA CUNHA SOLA PSICÓLOGA COMPORTAMENTAL E COGNITIVA ESPECIALISTA PELA USP - EXTENSÃO EM PSIQUIATRIA PELA ABP CRP: 06/46882-6 # Atendimento com hora marcada a adultos, adolescentes e orientação familiar. # Transtornos de Ansiedade como: Fobias, Pânico e Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC).Estresse,Estresse´Pós -Traumático. #Transtornos do Humor como: Depressão, Transtorno Bipolar e Distimia. # Transtornos de Personalidade. # Transtorno do Impulso como:Oniomania (compra compulsiva), Jogo compulsivo e Tricotilomania ( arrancar cabelos), Amor Patológico entre outros. #Transtornos Alimentares; Anorexia e Bulimia. # Atendendimento ao dependente químico, trabalhando com Prevenção de Recaídas e Relaxamento. # Orientação familiar às famílias de pacientes portadores de Esquizofrenia #Psicóloga e pedagoga, formada pela Universidade Católica de Santos (UniSantos), com especialização em Análise Comportamental e Cognitiva, pela Universidade de São Paulo (USP). # Membro do Núcleo de Análise do Comportamento de Santos e Região # Acompanhante Terapêutica na SENAT- Sessão Núcleo de Apoio ao Apoio ao Tóxicodependente da Prefeitura de Santos. # Supervisora de alunos de psicologia e profissionais recém formados # Psicóloga voluntária da ONG DIREITO A VIDA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s